quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Concurso de curtas-metragens “Comunidades Afrodescendentes: Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento"

O programa IberCultura Viva e a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) lançam no Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro) o concurso de curtas-metragens “Comunidades Afrodescendentes: Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento”.
As inscrições estão abertas até 15 de fevereiro de 2018. O concurso tem como objetivo selecionar vídeos que promovam uma reflexão sobre as comunidades afrodescendentes e a busca do pleno exercício de seus direitos culturais e/ou valorizem sua contribuição para a constituição, a promoção e o desenvolvimento da cultura ibero-americana.
O valor total destinado ao edital é de 5 mil dólares. Dez vídeos receberão prêmios de 500 dólares.
O edital é destinado a pessoas maiores de 18 anos dos países membros do programa IberCultura Viva: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, Guatemala, El Salvador, Espanha, México, Peru e Uruguai.
Os vídeos podem pertencer a qualquer gênero audiovisual (documentário, ficção, animação, jornalístico etc) e devem ter duração de um a três minutos.
Eles precisam ter classificação indicativa livre e ser voltados ao público em geral. Vídeos realizados por afrodescendentes e/ou por mulheres receberão maior pontuação.
Este é o segundo concurso de vídeos realizado pelo IberCultura Viva e, nesta edição, conta com a colaboração da UNESCO no Brasil, que no mês de novembro reforça as ações promovidas pela Década Internacional dos Afrodescendentes, declarada na ONU em 2015, sob o lema “Povos afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”.
Em 2016, o programa lançou o seu primeiro concurso de vídeos, o Concurso de Videominuto “Mulheres: culturas e comunidades”, que premiou 10 vídeos de realizadores de quatro países (Brasil, Argentina, Peru e México).
Este edital teve como objetivo dar visibilidade ao papel fundamental das mulheres na cultura e na organização comunitárias, enfrentando atitudes e estereótipos que contribuem para a desigualdade de gênero e a violência.

Clique aqui para ler o edital na íntegra.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Mulheres negras são a principal vítima do HPV, segundo pesquisa do Ministério da Saúde



Dados preliminares de pesquisa realizada pelo#MinistériodaSaúde nas 26 capitais e no Distrito Federal alertam para o alto índice de #HPV entre jovens, principalmente #mulheresnegras.


Das mais de 7,5 mil pessoas participantes da pesquisa, 2.669 realizaram teste de HPV. Destas, 54,6% apresentaram resultado positivo e 38,4% apresentaram HPV de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

O estudo indicou ainda que 16,1% dos jovens têm uma Infecção Sexualmente Transmissível (#IST) prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para #HIV ou #sífilis

Os dados finais desta pesquisa serão disponibilizados em abril de 2018.

Descrição da imagem #pracegover: uma camisinha de látex repousa sobre sua embalagem metálica rasgada.


sábado, 7 de outubro de 2017


Você sabia que as consultoras Natura possuem sites onde podem realizar vendas?
Me visite em meu espaço de revendedora.  Os preços são imbatíveis.
Comprando pelo site você paga em até 6x no cartão de crédito e dependendo do valor da compra recebe em casa sem pagar frete.
#nahoradointervaloagenteseviraevende #Natura

Rita Mendonça
ritamendonca2015@gmail.com
Fone e Whatsapp  82.9.9973-3380/
82.9. 9303-2228
Related Posts with Thumbnails